Image Image Image Image Image
/ /
Scroll to Top

Para o Topo

Destaque

08

Jul
2018

EmDestaque
Notícias

Visitas a espaços culturais marcam o segundo dia da 9ª Reunião do Conselho Intergovernamental na Guatemala  

Em08, Jul 2018 | EmDestaque, Notícias |

Fotos: Ministerio de Cultura y Deportes de Guatemala

As Jornadas de Culturas Vivas Comunitárias, organizadas conjuntamente pelo Movimento de Culturas Vivas Comunitárias da Guatemala e a Direção Geral de Desenvolvimento Cultural e Fortalecimento das Culturas do Ministério de Cultura e Esportes, seguiram esta manhã com visitas a experiências de cultura viva nas comunidades guatemaltecas Santa Marìa de Jesús e San Juan del Obispo.

As atividades, que fazem parte da programação da 9ª Reunião do Conselho Intergovernamental, começaram no Parque Central de Santa María de Jesús com uma apresentação do grupo Las Curanderas, Teatro para Curar el Susto. A obra “Fiesta Convite” trata da violência que vivem as mulheres mayas Kaqchikeles na comunidade.

 

Em seguida, os participantes do encontro visitaram a Casa Museo Luis de Lión, em San Juan del Obispo. Luis de Leon (ou Luis de Lión, como preferia assinar seus livros) foi um importante escritor e educador popular guatemalteco, sequestrado/desaparecido pelo Exército em 1984. Em 2004, o Estado da Guatemala reconheceu sua responsabilidade pelo assassinato do poeta. Seu corpo nunca foi encontrado.

Nascido na aldeia de San Juan del Obispo, Leon, que além de escritor era professor primário, iniciou em sua comunidade um programa de alfabetização e promoção da leitura. Com a proposta de enlaçar presente, passado e futuro, e dar continuidade a seu legado, a comunidade criou um museu com sua história de vida e sua poesia, e uma escola de artes para crianças e jovens.

Informes e debates

Terminada a visita aos espaços culturais, os representantes governamentais voltaram a Antigua Guatemala para dar início aos debates da 9ª Reunião do Conselho Intergovernamental, com a apresentação dos informes de execução financeira do  programa. Também foram apresentados informes sobre as atividades desenvolvidas nos últimos meses, inclusive as ações de formação e o Curso de Pós-graduação de Políticas Culturais de Base Comunitária, organizado em conjunto com a Faculdade Latino-americana de Ciências Sociais (FLACSO) – Sede Argentina.