Image Image Image Image Image
/ /
Scroll to Top

Para o Topo

Convocatoria

27

May
2020

EmNotícias

PorIberCultura

Edital 2020 do Fundo de Estímulo à Formação e Criação Artística é lançado no Uruguai

Em27, May 2020 | EmNotícias | PorIberCultura

A Direção Nacional de Cultura do Ministério de Educação e Cultura do Uruguai anunciou na sexta-feira passada, 22 de maio, a abertura do edital 2020 do Fundo de Estímulo à Formação e Criação Artística (Fefca), mecanismo concursável aberto aos cidadãos com o objetivo de contribuir para o desenvolvimento artístico-cultural do país.

No contexto das medidas de contenção para a recuperação do setor cultural, os editais dos Fundos para a Cultura se adiantam com fundos para a atividade artístico-docente e instituições docentes.

Este ano, o Fefca conta com 10 milhões de pesos uruguaios (cerca de 232 mil dólares) destinados a artistas nacionais com interesse em postular para receber os seguintes apoios: Estímulo a Formadores, que tem como objetivo apoiar os processos de formação artística propostos em nível nacional por artistas e instituições, e Bolsas para Criadores “Justino Zavala Muniz”, para artistas com trajetória relevante e consolidada.

Os participantes poderão realizar suas postulações dentro de uma das seis categorias concursáveis: Artes Visuais, Audiovisual, Dança, Letras, Música, Teatro, arte circense e títeres. As inscrições se realizam somente de forma online pela plataforma Cultura en Línea, de 25 de maio a 7 de junho, às 23h59.

 

Saiba maisFondo de Estímulo a la Formación y Creación Artística

Inscriçõeshttps://culturaenlinea.uy/opportunity/single/896/

Fonte: Ministerio de Educación y Cultura

 

Tags | , ,

20

May
2020

EmNotícias

PorIberCultura

Municipalidade de Córdoba lança convocatória do programa Territórios 

Em20, May 2020 | EmNotícias | PorIberCultura

A Subsecretaria de Cultura da Municipalidade de Córdoba (Argentina) lançou na segunda-feira 18 de maio a convocatória do programa Territórios. A iniciativa tem como objetivo principal reconhecer e acompanhar as organizações culturais comunitárias, que através de seus diversos projetos fortalecem a participação e o vínculo entre vizinhas e vizinhos da cidade, promovendo o desenvolvimento da cultura popular. 

O programa beneficiará, em caráter de subsídio, até 24 projetos culturais. Os projetos selecionados receberão 45 mil pesos argentinos (cerca de 660 dólares). Para participar, é necessário que a organização esteja inscrita no Registro Municipal de Organizações de Cultura Comunitária da cidade de Córdoba. 

O prazo de inscrições segue aberto até 15 de junho. Organizações de bairro interessadas em postular devem apresentar um projeto cultural; realizar sua atividade na cidade de Córdoba, e acreditar personalidade jurídica ou dois anos, no mínimo, de trabalho territorial cultural comunitário. Os projetos devem realizar-se entre 1º de julho e 30 de novembro de 2020.

Territórios faz parte do Plano de Compromisso Cultural da Municipalidade de Córdoba, que a Subsecretaria de Cultura lançou em maio, com medidas extraordinárias que contemplam alívio fiscal, prêmios e fundos de estímulo, programas, atividades e capacitações destinadas a distintos setores do campo cultural. Uma das medidas propostas neste plano é a contratação antecipada de oficinas, cursos e apresentações, com implementação para quando as condições sanitárias permitirem.

 Confira o regulamento da convocatória

Consultas: territorios.cba@gmail.com

(*) Córdoba é uma das municipalidades integrantes do Grupo de Trabalho de Governos Locais de IberCultura Viva. Saiba mais sobre o GT em http://bit.ly/2qfWWqB.

Tags | , ,

14

Apr
2020

EmDestaque
EDITAIS
Notícias

PorIberCultura

IberCultura Viva anuncia o resultado da convocatória especial de bolsas para Colômbia

Em14, Apr 2020 | EmDestaque, EDITAIS, Notícias | PorIberCultura

O programa IberCultura Viva publicou nesta terça-feira 14 de abril o resultado final da convocatória especial de bolsas que se abriu para que pessoas da Colômbia participassem da edição 2020 do Curso de Pós-graduação Internacional em Políticas Culturais de Base Comunitária de FLACSO-Argentina. Este edital teve inscrições abertas entre 18 e 30 de março. Das 184 postulações enviadas, foram selecionadas as oito candidaturas com maior pontuação.

Estas oito pessoas que receberão as bolsas integrais do curso vão se somar às 79 selecionadas dos outros 10 países integrantes de IberCultura Viva (Argentina, Brasil, Chile, Costa Rica, Equador, El Salvador, Espanha, México, Peru e Uruguai). A lista com o resultado dos 10 países foi publicada em 31 de março. 

A avaliação, a cargo do Conselho Intergovernamental através de representantes do Ministério de Cultura da Colômbia, levou em conta os critérios estabelecidos no regulamento da convocatória, como a experiência em gestão cultural, em ações culturais comunitárias e na incidência, elaboração e execução de políticas públicas de cultura, além da formação universitária em gestão cultural, artes, ciências sociais, humanas ou econômicas.  

 

O curso

O Curso de Pós-graduação Internacional em Políticas Culturais de Base Comunitária será realizado de abril a dezembro, de maneira virtual, junto à Faculdade Latino-americana de Ciências Sociais (sede Argentina). Os conteúdos do curso de pós-graduação estão distribuídos em seis módulos e 24 aulas. 

As aulas são publicadas uma vez por semana – com uma semana de recesso no final de cada módulo – e se abre um fórum para cada aula publicada, gerando um espaço de debate e intercâmbio de ideias e experiências em torno dos temas tratados.  

Para cumprir com os objetivos do curso, deve-se realizar um trabalho parcial escrito sobre os três primeiros módulos e um trabalho final integrador, que consiste em desenhar e planejar um projeto cultural comunitário ou uma política cultural pública de base comunitária. 

As pessoas selecionadas neste edital receberão uma bolsa integral e não terão que pagar nada pelo curso, desde que cumpram com as avaliações parciais e apresentam o trabalho final. 

 

 

Confira a lista de pessoas selecionadas na convocatória:

Información a los Interesados II: Etapa de Evaluación – Convocatoria a Becas para el Curso de Posgrado Internacional en Políticas Culturales de Base Comunitaria FLACSO 2020 – Especial Colombia

 

Saiba mais sobre o curso:

http://flacso.org.ar/formacion-academica/posgrado-internacional-en-politicas-culturales-de-base-comunitaria/

 

Tags | , , ,

03

Apr
2020

EmEDITAIS
Notícias

PorIberCultura

Chile e Brasil terão mais bolsas para o Curso de Pós-graduação em Políticas Culturais de Base Comunitária 

Em03, Apr 2020 | EmEDITAIS, Notícias | PorIberCultura

(Foto: Marina Leitner)

 

O Ministério das Culturas, das Artes e do Patrimônio do Chile e a Secretaria Especial de Cultura do Ministério do Turismo do Brasil ampliaram sua quantidade de bolsas para a edição de 2020 do Curso de Pós-graduação Internacional em Políticas Culturais de Base Comunitária FLACSO-IberCultura Viva. Os dois países terão sete bolsas mais (cada) nesta terceira turma do curso. 

A ampliação das bolsas foi possível porque os representantes governamentais do Chile e do Brasil decidiram usar neste curso virtual da FLACSO os recursos de que dispunham no Fundo Multilateral IberCultura Viva para o apoio à formação de organizações culturais comunitárias. As vagas extras foram concedidas especialmente a pessoas que atuam nas organizações da sociedade civil. 

Para a seleção destas sete pessoas foi utilizada a avaliação realizada no Edital de Bolsas 2020, tendo em conta aquelas com perfil de trabalho comunitário que haviam ficado entre as primeiras colocações. Ou seja, além das oito candidaturas mais bem pontuadas de cada país (a lista, anunciada no dia 31 de março, incluía gestores públicos e representantes de organizações culturais comunitárias), Chile e Brasil selecionaram as sete candidaturas seguintes de pessoas que trabalham em comunidades e que obtiveram maior pontuação no processo de seleção.

O Edital de Bolsas 2020 teve inscrições abertas de 20 de dezembro de 2019 a 16 de fevereiro de 2020. Do total de 272 postulações habilitadas, Brasil e Chile foram os países que mais apresentaram candidaturas: 67 e 41, respectivamente. 

A seguir, apresentamos as pessoas selecionadas para receber bolsas com os recursos extras de Brasil e Chile.

 

 

Leia também:

IberCultura Viva anuncia a lista de pessoas selecionadas no Edital de Bolsas 2020

 

Tags | , , ,

31

Mar
2020

EmEDITAIS
Notícias

PorIberCultura

184 postulações foram habilitadas na Convocatória especial de bolsas para Colômbia

Em31, Mar 2020 | EmEDITAIS, Notícias | PorIberCultura

A convocatória especial de bolsas que se abriu este mês para que Colômbia integrasse a terceira turma do Curso de Pós-graduação Internacional em Políticas Culturais de Base Comunitária FLACSO-IberCultura Viva recebeu um total de 184 postulações. Todas as candidaturas foram consideradas habilitadas e seguirão no processo de avaliação do edital. As inscrições estiveram abertas no Mapa IberCultura Viva entre os dias 18 e 30 de março. 

O programa concederá oito bolsas para Colômbia na edição 2020 do curso virtual da FLACSO-Argentina. Estas pessoas vão se somar às 79 selecionadas dos outros 10 países integrantes do IberCultura Viva, anunciadas nesta terça-feira 31 de março. A lista com as candidaturas selecionadas da Colômbia será divulgada antes de 15 de abril. 

A etapa de avaliação das propostas habilitadas será de responsabilidade dos representantes governamentais do país, e terá como observador um representante da Unidade Técnica do IberCultura Viva.  

A seleção levará em conta critérios como a experiência em gestão cultural, em ações culturais comunitárias e na incidência, elaboração e execução de políticas públicas de cultura, além da formação universitária em gestão cultural, artes, ciências sociais, humanas ou econômicas. Quem pertence a povos indígenas ou é afrodescendente receberá um ponto extra na avaliação. A classificação final considerará as maiores pontuações obtidas, e pelo menos 50% das pessoas selecionadas deverão ser mulheres.

 

O curso

O Curso de Pós-graduação Internacional em Políticas Culturais de Base Comunitária FLACSO-IberCultura Viva será realizado a distância, entre abril e dezembro de 2020, através do Campus Virtual da Faculdade Latino-americana de Ciências Sociais (FLACSO), sede Argentina. 

Os conteúdos estarão distribuídos em seis módulos e 24 aulas. As aulas serão ministradas em espanhol, exceto aquelas a cargo de professores brasileiros, que serão oferecidas em português e terão tradução para o espanhol. 

Para cumprir com os objetivos do curso será necessário realizar um trabalho parcial sobre os três primeiros módulos e um trabalho final integrador, que consiste em desenhar e planejar um projeto cultural comunitário ou uma política cultural pública de base comunitária. 

 

Confira a lista de candidaturas habilitadas:

Información a los Interesados I – Etapa de Habilitación: Convocatoria a Becas para el Curso de Posgrado Internacional en Políticas Culturales de Base Comunitaria-FLACSO 2020 – COLOMBIA

Leia também:

IberCultura Viva abre convocatória especial de bolsas para seu novo país membro: Colômbia

Tags | , , ,

31

Mar
2020

EmDestaque
EDITAIS
Notícias

PorIberCultura

IberCultura Viva anuncia a lista de pessoas selecionadas no Edital de Bolsas 2020 

Em31, Mar 2020 | EmDestaque, EDITAIS, Notícias | PorIberCultura

(Foto: Marina Leitner)

 

O programa IberCultura Viva publicou nesta terça-feira, 31 de março, a lista de pessoas selecionadas para a terceira turma do Curso de Pós-graduação Internacional em Políticas Culturais de Base Comunitária FLACSO-IberCultura Viva. O edital teve inscrições abertas de 20 de dezembro de 2019 a 16 de fevereiro de 2020. 

Das 272 candidaturas inscritas, foram selecionadas 79, repartidas equitativamente entre os países membros do Conselho Intergovernamental IberCultura Viva: Argentina, Brasil, Chile, Costa Rica, Equador, El Salvador, Espanha, México, Peru e Uruguai. Cada país teve 8 pessoas selecionadas, à exceção da Espanha, que tinha 7 candidaturas apresentadas. (Brasil foi o país com o maior número de inscrições, 67, seguido de Chile, Peru, Argentina e México, respectivamente com 41, 39, 34 e 34 candidaturas.)

Um total de 87 bolsas (três a mais que o número inicialmente anunciado) será concedido pelo programa para esta edição de 2020 do curso da FLACSO. Além das 79 hoje anunciadas, outras 8 serão concedidas para a Colômbia, país que se integrou ao programa em março, e que contou com uma convocatória especial de bolsas iniciada no último dia 18 e encerrada nesta segunda-feira 30. Ao longo desses 12 dias, foram enviadas 184 postulações. O resultado final da Colômbia será anunciado antes do início das aulas, previsto para 16 de abril. 

A seleção

O edital estava destinado a pessoas vinculadas às políticas culturais, tanto funcionários públicos como representantes de organizações culturais comunitárias dos países integrantes do programa IberCultura Viva. A seleção levou em conta critérios como a experiência em gestão cultural comunitária, em gestão de políticas públicas culturais, além da formação específica em gestão cultural ou disciplinas afins.

As pessoas que receberam as maiores pontuações em cada país foram as selecionadas para receber as bolsas. Estas 79 pessoas receberão um correio eletrônico de FLACSO-Argentina com os passos a seguir para efetivar a bolsa e completar a inscrição no curso de pós-graduação. 

 

O curso

O Curso de Pós-graduação Internacional em Políticas Culturais de Base Comunitária será realizado de abril a dezembro, de maneira virtual, junto à Faculdade Latino-americana de Ciências Sociais (sede Argentina). Para participar, é necessário contar com disponibilidade de ao menos 10 horas semanais. As aulas são ministradas em espanhol, exceto as que estão a cargo de professores brasileiros, que são dadas em português e têm tradução para o espanhol.

Os conteúdos do curso de pós-graduação estão distribuídos em seis módulos e 24 aulas. As aulas são publicadas uma vez por semana – com uma semana de recesso no final de cada módulo – e se abre um fórum para cada aula publicada, gerando um espaço de debate e intercâmbio de ideias e experiências em torno dos temas tratados.  

Para cumprir com os objetivos do curso, deve-se realizar um trabalho parcial escrito sobre os três primeiros módulos e um trabalho final integrador, que consiste em desenhar e planejar um projeto cultural comunitário ou uma política cultural pública de base comunitária. Os trabalhos podem ser entregues na língua nativa (espanhol ou português).

As pessoas selecionadas neste edital receberão uma bolsa integral e não terão que pagar nada pelo curso, desde que cumpram com as avaliações parciais e apresentam o trabalho final. 

 

Confira a lista de pessoas selecionadas no edital:

Informação aos Interessados II: Etapa de Avaliação – Edital de Bolsas para o Curso de Pós-graduação Internacional em Políticas Culturais de Base Comunitária FLACSO 2020 – Resultado final

 

Saiba mais sobre o curso:

http://flacso.org.ar/formacion-academica/posgrado-internacional-en-politicas-culturales-de-base-comunitaria/

 

Leia também:

272 candidaturas são habilitadas para as bolsas do Curso de Políticas Culturais de Base Comunitária
IberCultura Viva concederá 84 bolsas para a Pós-graduação em Políticas Culturais de Base Comunitária

Tags | , , , ,

27

Feb
2020

EmEDITAIS
Notícias

PorIberCultura

272 candidaturas são habilitadas para as bolsas do Curso de Políticas Culturais de Base Comunitária

Em27, Feb 2020 | EmEDITAIS, Notícias | PorIberCultura

(Foto: Marina Leitner)

 

Entre 20 de dezembro de 2019 e 16 de fevereiro de 2020, o programa IberCultura Viva recebeu um total de 272 inscrições no edital de bolsas para a terceira edição do Curso de Pós-graduação Internacional em Políticas Culturais de Base Comunitária FLACSO-IberCultura Viva. Todas foram consideradas habilitadas e seguirão no processo de avaliação do edital.

O programa concederá um total de 84 bolsas completas do curso, repartidas equitativamente entre os países membros do Conselho Intergovernamental. O país com maior número de postulações é o Brasil (67). Depois vêm Chile (41), Peru (39), Argentina (34), México (34), Equador (17), El Salvador (15), Uruguai (10), Costa Rica (8) e Espanha (7).

O resultado final será anunciado antes de 30 de março. A etapa de avaliação das propostas habilitadas será de responsabilidade do Conselho Intergovernamental e do Comitê Técnico. O Conselho Intergovernamental é formado pelos representantes dos países membros, e o Comitê Técnico, pelos representantes do Comitê Executivo do programa. Um representante da Unidade Técnica atuará como observador.

A seleção levará em conta critérios como a experiência em gestão cultural, em ações culturais comunitárias e na incidência, elaboração e execução de políticas públicas de cultura, além da formação universitária em gestão cultural, artes, ciências sociais, humanas ou econômicas. Quem pertence a povos indígenas ou é afrodescendente receberá um ponto extra na avaliação. A classificação final considerará as maiores pontuações obtidas, e pelo menos 50% das pessoas selecionadas deverão ser mulheres.

 

O curso

O Curso de Pós-graduação Internacional em Políticas Culturais de Base Comunitária FLACSO-IberCultura Viva será realizado a distância, entre abril e dezembro de 2020, através do Campus Virtual da Faculdade Latino-americana de Ciências Sociais (FLACSO), sede Argentina. 

Os conteúdos estarão distribuídos em seis módulos e 24 aulas. As aulas serão ministradas em espanhol, exceto aquelas a cargo de professores brasileiros, que serão oferecidas em português e terão tradução para o espanhol. 

Para cumprir com os objetivos do curso será necessário realizar um trabalho parcial sobre os três primeiros módulos e um trabalho final integrador, que consiste em desenhar e planejar um projeto cultural comunitário ou uma política cultural pública de base comunitária. Os trabalhos poderão ser entregues na língua nativa (espanhol ou português). 

 

Confira a lista de pessoas candidatas habilitadas:

Informação aos Interessados I – Edital de Bolsas para o Curso de Pós-graduação Internacional em Políticas Culturais de Base Comunitária FLACSO 2020 – Etapa de Habilitação

 

 

 

Tags | , , ,

13

Dec
2019

EmDestaque
EDITAIS
Notícias

PorIberCultura

IberCultura Viva abre convocatória para o Banco de Saberes Culturais e Comunitários

Em13, Dec 2019 | EmDestaque, EDITAIS, Notícias | PorIberCultura

Nesta segunda-feira 16 de dezembro começa o prazo de postulações ao Banco de Saberes Culturais e Comunitários IberCultura Viva. As organizações culturais comunitárias e/ou os povos indígenas interessados em propor uma atividade de intercâmbio para compartilhar sua experiência com outros coletivos, comunidades e povos dos países integrantes do programa podem inscrever suas propostas na plataforma Mapa IberCultura Viva. Esta convocatória permanecerá aberta de forma permanente, com cortes bimestrais para revisão e carregamento das propostas recebidas.

As propostas do Banco de Saberes IberCultura Viva serão colocadas em circulação nos editais IberEntrelaçando Experiências. Assim, ao participar do Banco de Saberes, as organizações culturais comunitárias e/ou povos indígenas manifestam seu interesse de viajar a outros países para compartilhar suas experiências com outras comunidades. No momento em que o programa habilitar um edital IberEntrelaçando Experiências, as organizações culturais comunitárias e/ou povos indígenas interessados/as em receber em seus territórios as propostas  inscritas no Banco de Saberes poderão postular como comunidades anfitriãs desses intercâmbios.

 

Primeira edição

Neste 2019, ano em que se lançou a primeira edição de IberEntrelaçando Experiências, organizações e coletivos de nove países apresentaram 25 propostas de capacitações e espaços de intercâmbio para compartilhar com outros coletivos. Na segunda etapa do edital, quando as organizações puderam escolher que propostas do banco de saberes queriam desenvolver em seus territórios, foram recebidas 23 postulações de oito países. Treze organizações foram selecionadas como comunidades anfitriãs

Nesta primeira edição, o programa IberCultura Viva comprou passagens aéreas e seguros de viagem para as pessoas facilitadoras das capacitações, e as comunidades anfitriãs se encarregaram de hospedagem, alimentação e traslados dentro do território local. Os intercâmbios começaram em setembro e seguem até este mês de dezembro.

As organizações e os coletivos que apresentaram propostas de oficinas na primeira etapa do edital de 2019 podem atualizar seus projetos já publicados no Banco de Saberes, para que fiquem disponíveis de forma permanente na página web do IberCultura Viva. Para isso, devem comunicar-se com a Unidade Técnica pelo e-mail programa@iberculturaviva.org

 

Critérios de participação

Poderão participar da convocatória para o Banco de Saberes IberCultura Viva organizações culturais comunitárias e/ou povos indígenas dos países membros do programa, com ou sem personalidade jurídica. Os países que integram IberCultura Viva são: Argentina, Brasil, Chile, Costa Rica, Equador, El Salvador, Espanha, México, Peru e Uruguai. 

Coletivos dos países membros que não tenham personalidade jurídica poderão postular apresentando uma carta aval assinada pelo representante governamental do programa IberCultura Viva em seu país. Os órgãos que respondem pelo programa em cada país (Ministério de Cultura, Secretaria de Cultura ou equivalente) determinarão os critérios requeridos para a emissão de seu aval. No caso do Brasil, é preciso ter o cadastro de Ponto de Cultura na plataforma Rede Cultura Viva (http://culturaviva.gov.br/).

Organizações de países ibero-americanos que não integram o programa poderão participar desta convocatória, mas somente aquelas que contam com personalidade jurídica (neste caso não existe a possibilidade de apresentar uma carta aval).

 

Comitê de seleção

Representantes de quatro países integrantes do Conselho Intergovernamental IberCultura Viva formarão o comitê de seleção das propostas apresentadas ao Banco de Saberes. Entre os critérios que serão levados em conta na avaliação estão a apresentação da documentação exigida, a inclusão da perspectiva de gênero de forma transversal, e o fato de que as pessoas facilitadoras (no máximo duas) sejam maiores de idade e façam parte de organizações culturais comunitárias ou povos indígenas.

Os projetos apresentados devem propor a transmissão ou o compartilhamento de experiências, práticas comuns, metodologias, tecnologias sociais, histórias das comunidades, saberes ancestrais ou tradicionais, etc. Além disso, devem estar devidamente formulados e apresentar coerência interna e objetivos realizáveis no tempo estipulado. As propostas que não reunirem estes critérios serão devolvidas com as observações correspondentes para sua retificação. As aprovadas serão publicadas na página web do programa. O Banco de Saberes encerrará o recebimento de propostas quando o Conselho Intergovernamental assim o estipular.

 

Confira o regulamento do concursohttp://bit.ly/2qKWQHM

Inscrições: https://mapa.iberculturaviva.org/oportunidade/104/

Consultas: programa@iberculturaviva.org

Como registrar-se no Mapa IberCultura Viva: http://iberculturaviva.org/manual/

 

(*) Foto em destaque: Oficina “Dicionários Audiovisuais Comunitários”, realizada pelo coletivo La Combi-arte rodante (Peru) na comunidade Zoque Popoluca de Cabañas, em Acayucan (México), durante o intercâmbio de IberEntrelaçando Experiências, em novembro de 2019. 

Tags | , , ,

13

Nov
2019

EmNotícias

PorIberCultura

Edital da linha de fomento a processos de Cultura Viva Comunitária no Equador tem prazo ampliado

Em13, Nov 2019 | EmNotícias | PorIberCultura

Foi ampliado até 8 de dezembro o prazo do edital para a linha de fomento de processos de Cultura Viva Comunitária no Equador. Será investido um total de 200 mil dólares para o financiamento de 25 projetos – cada um receberá 8 mil dólares.

As três categorias para a apresentação de projetos são: memória e identidade; interculturalidade; e transmissão de saberes. O processo de postulação se realiza de maneira digital através da página web do Instituto de Fomento das Artes, Inovação e Criatividades (IFAIC): www.fomentocultural.gob.ec

Esta linha de fomento tem como objetivos potenciar os processos alcançados pela gestão cultural comunitária no país; contribuir para o fortalecimento e a sustentabilidade dos processos da Cultura Viva Comunitária; visibilizar identidades, valores e significados comunitários, colaborativas e solidárias, assim como comunicar, transmitir e difundir saberes, experiências e aprendizagens, através da arte, da inovação e da criatividade.

Para este edital, entendem-se como processos de Cultura Viva Comunitária as múltiplas práticas e experiências contínuas, autônomas, criativas e inovadoras que surgem desde as comunidades, coletivos e organizações culturais de base comunitária existentes nos espaços e territórios urbanos e rurais, que revitalizam identidades, valores e significados; que fortaleçam o tecido e coesão social; e que incidam na vida política, econômica e social da coletividade.

 

Saiba mais: http://www.fomentocultural.gob.ec/?p=1291

Fonte:  Ministerio de Cultura y Patrimonio

 

Tags | ,

31

Oct
2019

EmNotícias

PorIberCultura

Conheça os projetos selecionados na 5ª convocatória de Pontos de Cultura de Costa Rica

Em31, Oct 2019 | EmNotícias | PorIberCultura

 

A Direção de Cultura do Ministério de Cultura e Juventude de Costa Rica anunciou nesta quinta-feira (31/10) os 20 projetos selecionados na convocatória do programa Pontos de Cultura para serem realizados em 2019-2020. Um total de 131 milhões de colones (cerca de 222 mil dólares) será distribuído entre as propostas de diferentes regiões do país.

Foram selecionados 12 projetos de organizações com personalidade jurídica nas categorias “Espaços para uma cultura do bem viver” (4), “Meios e propostas de comunicação comunitária” (1), “Arte para a transformação social” (4), “Fortalecimento das iniciativas socioculturais” (1) e “Economia social e pequenos empreendimentos” (2).

Além disso, esta quinta convocatória de Pontos de Cultura selecionou oito projetos de organizações sem personalidade jurídica nas categorias “Espaços para uma cultura do bem viver” (1), “Meios e propostas de comunicação comunitária” (1), “Arte para a transformação social” (2) e “Fortalecimento das iniciativas socioculturais” (4).

A Comissão Selecionadora foi composta por representantes da Direção de Cultura do MCJ, universidades públicas e organizações culturais inscritas no Sistema de Informação Cultural (Si.cultura.cr). “Ser parte da Comissão Selecionadora foi muito enriquecedor, encontramos projetos muito bons e diversos que refletem a necessidade de continuar atuando nas comunidades do país”, afirmou Daniela Mora Parra, gestora de promoção cultural da Direção de Cultura.

 

Tags | , ,