Image Image Image Image Image
/ /
Scroll to Top

Para o Topo

Notícias

29

Aug
2019

EmNotícias

Um encontro de educadores populares: conheça o projeto da Argentina selecionado no Edital de Apoio a Redes 2019

Em29, Aug 2019 | EmNotícias |

 

Nome do evento: Inventamos o Erramos: Enredándonos entre Educadores Populares

Nome da rede: Red de Educadores Populares: Isauro Arancibia

Organização responsável: Asociación Civil Isauro Arancibia

Data prevista: de 11 a 15 de novembro de 2019

 

De que falamos quando falamos de educação popular? É a partir desta pergunta que a Rede de Educadores Populares Isauro Arancibia se dispõe a intercâmbios e reflexões sobre organização, participação e construção coletiva entre instituições/organizações, no encontro “Inventamos o Erramos: Enredándonos entre Educadores Populares”, que será realizado em Buenos Aires de 11 a 15 de novembro de 2019.

O evento, que foi o selecionado da Argentina no Edital IberCultura Viva de Apoio a Redes e Projetos de Trabalho Colaborativo 2019, foi organizado em cinco jornadas que buscam promover o diálogo e a reflexão entre educadores populares da Argentina e da região, favorecendo a pesquisa-ação, fortalecendo suas práticas e potenciando a lógica de trabalho em rede como um elemento estratégico e um posicionamento ético.

As quatro primeiras jornadas serão teórico-práticas, no Centro Educativo Isauro Arancibia (Paseo Colón 1366, CABA), com momentos de painel (mais expositivos) e momentos de oficina, para promover o intercâmbio, o debate e o posicionamento coletivo. A última jornada, de encerramento do encontro, contará com a construção de um mural coletivo e um documento que dará origem à Rede de Educadores Populares Isauro Arancibia.

“Inventamos ou Erramos” tem os seguintes objetivos: 1) Favorecer espaços de construção coletiva do conhecimento;  2) Propiciar o intercâmbio de experiências de educação popular em instituições educativas, para repensar, transformar, melhorar e fortalecer as práticas cotidianas; 3) Organizar espaços de diálogo, reflexão e sistematização para pensar e construir práticas colectivamente, a partir de diferentes espaços, e com o fim de intervir na realidade para transformá-la; 4) Fortalecer o vínculo e as articulações entre as instituições e organizações que trabalham a partir da educação popular; 5) Potenciar o grau de organização interinstitucional para a elaboração de agenda e ações conjuntas.

 

Esta proposta foi apresentada ao Edital de Apoio a Redes 2019 por um grupo de professores e professoras que trabalham dentro do sistema formal de ensino desde a perspectiva da educação popular, desenvolvendo suas tarefas no Centro Educativo Isauro Arancibia, que abriga mais de 300 crianças, jovens e adultos em situação de rua e extrema vulnerabilidade social. 

Para estes professores, a educação é entendida como coluna vertebral da cultura dos povos e ferramenta transformadora que forma sujeitos livres, apostando em processos que valorizem suas experiências, saberes e contexto. A criação de uma rede com organizações e instituições com que trabalham na promoção e restituição de direitos é uma das estratégias para a realização de sua tarefa pedagógica. 

“Inventamos ou Erramos” pretende formalizar e ampliar esta rede, convocando  educadores populares e outras redes/organizações que trabalham a educação popular com população vulnerável na Argentina e na região, gerando espaços para promover a autonomia e a participação comunitária. Além de reforçar a articulação, a Rede de Educadores Populares Isauro Arancibia espera promover a formalização destas práticas no sistema educativo e nas políticas de base comunitária.

 

Tags | ,