Image Image Image Image Image
/ /
Scroll to Top

Para o Topo

Rede de Cidades

15

Sep
2020

EmNotícias

PorIberCultura

Província de Chaco se incorpora à Rede IberCultura Viva de Cidades e Governos Locais 

Em15, Sep 2020 | EmNotícias | PorIberCultura

A província de Chaco, na Argentina, acaba de se somar à Rede IberCultura Viva de Cidades e Governos Locais. A carta de adesão foi assinada por Silvia Mariela Quirós, presidenta do Instituto de Cultura do Governo de Chaco, que delegou a Francisco Benítez o papel de representante da província ante a rede, nas atividades de articulação com o programa para este 2020.

Francisco “Corcho” Benítez é diretor do Centro Cultural Alternativo, o Cecual, uma institución pública que pertence ao Instituto de Cultura de Chaco e chama a atenção por uma particularidade: seu espaço físico funciona como uma “vizinhança cultural” onde convivem vários coletivos independentes. 

Com o lema “cultura do encontro”, o Cecual é um espaço de formação e extensão para a comunidade, desenvolvendo múltiplas atividades voltadas para práticas culturais solidárias, geração de espaços de convivência, oficinas de inclusão, infância e meio ambiente, ciclos de bate-papos, música e espetáculos diversos. Trata-se de uma experiência de gestão associada com a comunidade, inclusive em termos de elaboração de projetos e de decisão de orçamentos. 

Cultura de pátio: o Cecual é uma experiência de gestão associada com a comunidade

 

Formação da rede

Com a incorporação de Chaco, a Rede IberCultura Viva de Cidades e Governos Locais passa a ter oficialmente 12 integrantes, sendo duas províncias (Entre Ríos e Chaco) e 10 municípios: San Carlos, Comodoro Rivadavia, Almirante Brown, Corrientes e Marcos Juárez (Argentina); Niterói (Brasil); San Pedro de la Paz (Chile); Medellín (Colombia); San Luis Potosí e Zapopan (México).

Esta rede é um espaço de cooperação e intercâmbio, lançado pelo programa em 2019, no 3º Encontro de Redes IberCultura Viva, com o objetivo de contribuir para o desenvolvimento das experiências e dos processos culturais de forma participativa, colaborativa e com trabalho intersetorial. 

A formalização da Rede IberCultura Viva de Cidades e Governos Locais se deu depois de mais de um ano de atividades do Grupo de Trabalho de Governos Locais formado em Quito (Equador) em 2017, durante o 2º Encontro de Redes IberCultura Viva. 

Ainda que a rede já esteja oficialmente constituída, o GT de Governos Locais segue aberto, com mais de 20 municipalidades integrantes, mantendo comissões de trabalho e ocupando-se de informar quem não conhece a rede e de acompanhar os processos para as adesões.

Os municípios, províncias, estados ou departamentos participantes da rede e do GT  propõem projetos para desenvolver junto com o programa, além de aproveitar os espaços de encontros para gerar consensos e relatos comuns e poder melhorar as políticas culturais de base comunitária desenvolvidas em seus territórios.

⇒Confira o documento com os parâmetros para a inclusão na Rede IberCultura Viva de Cidades e Governos Locais

 

 

 

Tags | , , ,

17

Aug
2020

EmNotícias

PorIberCultura

Programa Zapopan Comunitária organiza encontros virtuais para a capacitação das organizações

Em17, Aug 2020 | EmNotícias | PorIberCultura

 

Nesta segunda-feira 17 de agosto, a Direção de Cultura do Governo de Zapopan (Jalisco, México) inicia uma série de encontros virtuais como parte de seu programa de fortalecimento para as Organizações Culturais Comunitárias (OCC). Ao longo de quatro meses, o governo municipal, através do Programa Zapopan Comunitária, trabalhará com as OCC em marcos conceituais, de direitos e fortalecimento de seus sistemas organizacionais (identidade, planejamento operativo, sistemas de organização, sustentabilidade, articulação e incidência). 

O primeiro conversatório será “Princípios da Cultura Viva Comunitária”, que contará com a participação de Eduardo Balán, coordenador geral da produtora/escola cultural comunitária El Culebrón Timbal, desde Buenos Aires, Argentina, como palestrante. O encontro começará às 19h (hora de Cidade de México) com transmissão ao vivo pelo Facebook de Cultura Zapopan.

Os próximos encontros estão previstos para as segundas-feiras 31 de agosto (“As organizações culturais e o desenvolvimento comunitário”), 14 de setembro (“Assembleias e consensos nas Organizações Culturais Comunitárias”), 5 de outubro (“Articulação e redes de Cultura Comunitária”) e  9 de novembro (“Economia alternativa na Cultura Viva”).

Zapopan é uma das municipalidades integrantes da Rede IberCultura Viva de Cidades e Governos Locais. A Direção de Cultura do Governo Municipal lançou recentemente o registro de organizações e agrupações culturais comunitárias e o registro de agentes aliados de Pontos de Cultura.

Esses registros buscam identificar, reconhecer, fortalecer e propiciar a articulação em rede das organizações sociais que mantêm um trabalho contínuo a partir da arte e das culturas, contribuindo para atender necessidades locais (como a melhora da educação, da saúde e da segurança) e estimular processos de desenvolvimento individual e comunitário.

 

 

 

Tags | , , ,