Image Image Image Image Image
/ /
Scroll to Top

Para o Topo

córdoba

22

May
2019

EmNotícias

PorIberCultura

Foram divulgados os resultados da convocatória Cultura de Bairro, da Municipalidade de Córdoba

Em22, May 2019 | EmNotícias | PorIberCultura

A Municipalidade de Córdoba, na Argentina, anunciou nesta quarta-feira (22/05) os resultados da 5ª edição do programa Cultura de Bairro. Dos 24 projetos beneficiados, dois são de jovens produtores culturais comunitários que completaram o curso de formação ministrado pelo município.

Organizado mediante uma convocatória aberta e pública (encerrada em 10 de maio), Cultura de Barrio é um programa de cultura comunitária que tem como objetivo central fortalecer projetos culturais impulsados por organizações de base que promovam o acesso à cultura, à participação cidadã e o trabalho em rede para a resolução da complexidade de problemas enfrentados pelos territórios.

Esta quinta edição da convocatória foi dirigida a organizações e instituições da cidade de Córdoba com base territorial, para que apresentassem projetos culturais a serem desenvolvidos em seu território durante o ano em curso, de maneira gratuita para os vizinhos.

Os projetos selecionados receberão $35.000 pesos argentinos cada. São eles (sem ordem de mérito):

 

  1. “Activando contra la violencia” Bº Villa Boedo,
    Organización: Mujeres Activando. Responsable: Jesica Noemí González
  2. “Construcción de Narrativas Audiovisuales Colectivas con perspectiva de Género” B° Los Naranjos. Organización: Cooperativa de Trabajo Caleidoscopio Ltda. Responsable: Mariana Carmona Torregrosa
  3. “En la Memoria de les Niñes”. Bº IPV Arguello,
    Organización: Proyecto S. E. Abrapalabra y Escuela Primaria Hugo Leonelli. Responsable: Gloria Graciela Flores
  4. “Creación de la Mesa de G.C. del CIC Cabildo”. B° Cabildo.
    Organización: Espacio de Artistas Locales-Mesa de gestión CIC. Responsable: Nancy Barboza
  5. “Jóvenes Sintonizados”. B° Villa Retiro.
    Organización: Jóvenes en Sintonía. Responsable: Matías Emmanuel Alloatti
  6. “Interculturalidad, Sabores y Saberes Culturales”,  B° Güemes,
    Organización: Grupo de Mujeres Concretando Sueños (mujeres migrantes cordobesas). Responsable: Maria Jose Trigo
  7. “El Bajo Templa Candombe”. B° Bajo Pueyrredon.
    Organización: A.C. Un Nuevo Comienzo C.C El Chapón. Responsable: Fabiana del Valle Sanchez
  8. “La Nelly Editora”. B° Los Bulevares.
    Organización: Asociación Civil Biblioteca Popular Nelly Llorens. Responsable: Maria Laura Dall Amore
  9. “Narrativas Disidentes en la Escuela”. B° Juan Pablo II y Centro.
    Organización: Enfoca- Colectivo de Fotógrafas, Comunicadoras y Diseñadoras. Responsable: Silvia Ayelén Koopmann
  10. “Las Niñas y los Niños de la Julio Cortázar se preguntan a Viva Voz” B° San Vicente.
    Organización: Biblioteca Popular Julio Cortázar y radio Comunitaria La Quinta Pata. Responsable: Gastón Busso
  11. “De Historias y Resistencias de Lxs Wachxs del Tropezón” B° Villa El Tropezón, Villa El Sauce y La Toma. Organización: Lxs Wachxs del Tropezón. Responsable: Ezequiel Elías Castro Kowalski
  12. “Payaseria Comunitaria en Bº San Martin” B° San Martin.
    Organización: Las Napias Encuentro de Mujeres Payasas. Responsable: Alejandra del Valle Toledo
  13. “Taller de Iniciación Musical y Ejecución de Instrumentos”. B° Zepa B.
    Organización: Comedor El Polito con El Encuentro de Organizaciones .Responsable: Tobares Raquel Mirta
  14. “Serigrafiando Ando” B° Márquez Anexo y Alrededores.
    Organización: Mesa de Niñez del Márquez Anexo. Responsable: Guadalupe Peralta Porcel
  15. “Pachamama, Madre Tierra. Otro Modo de Encontrarnos” B° Villa 9 de Julio.
    Organización: Red Villa 9 de Julio. Responsable: Lidia Roxana Murúa Martínez
  16. “La Favela Donde los Niños y las Niñas Intercambian saberes” B° La Favela.
    Organización: Favelita. Responsable: Camila Berlaffa.
  17. “Nuestro Grito de Carnaval” B° Los Cortaderos.
    Organización: Murga Poderoso carnaval. Responsable: Diego Elías Chab
  18. “Acuerparse- Taller de Exploración y Memoria del Movimiento Destinado a la Población Trans de Córdoba Capital, Bº Centro, Transversal.
    Organización: Danza Munata en Asociación con Ser Trans. Responsable: Sánchez, Agustina Gabriela
  19. “Cuerpas en Movimiento” Bº Villa El Sauce y El Tropezón. Organización: Fundación La Morera, Centro de Salud 99 Bº Los Robles. Responsable: Natalia Marucco
  20. “Las Voces del Barrio” Bº Villa Bustos. Organización: La Minga. Responsable: Jazmín Iphar
  21. “Entramándonos por el derecho a la Belleza” Bº Márquez Anexo.
    Organización: Grupo de Mujeres “Encuentro de lilas, mujeres en libertad”, Mesa de Gestión y Red de Mediadores Literarios VaiVen.  Responsable: Claudia Elizabeth Cedrón
  22. “Ludobiblioteca andariega” Bº Villa El Tropezón.
    Organización: Red del Tropezón y el Sauce: “Remando entre barrios” Responsable: María Sol del  Agua
  23. “Mototeca biblioteca barrial móvil” Bº Rivera Indarte.
    Organización: Centro Vecinal de Villa Rivera Indarte. Responsable: Ana Gabriela Sans
  24. “Revista barrial La Vox de l@s chic@s de Cabildo. Bº Cabildo.
    Organización: Sedronar, Centro de Salud 97 y Centro de Acceso a la Justicia-Mesa de Gestión del C.I.C. Cabildo. Responsable: Agustina Gabriela Manzur.

 

Saiba mais: https://bit.ly/2YG0pub.

Tags | , ,

22

Apr
2019

EmNotícias

PorIberCultura

Está aberta a convocatória do Programa Cultura de Bairro 2019, da Municipalidade de Córdoba

Em22, Apr 2019 | EmNotícias | PorIberCultura

No dia 30 de abril termina o prazo de inscrições da 5ª edição do Programa Cultura de Bairro, desenvolvido pela Municipalidade de Córdoba (Argentina). O objetivo central deste programa é fortalecer projetos culturais realizados por organizações de base que promovam o acesso à cultura, a participação cidadã e o trabalho em rede para a resolução da complexidade de problemas atravessados pelos territórios.

A convocatória está dirigida a organizações e instituições da cidade de Córdoba com base territorial, para que apresentem projetos culturais a serem desenvolvidos em seu território durante o ano de 2019, de maneira gratuita para os vizinhos. Os projetos deverão ser apresentados por uma organização de três ou mais pessoas, que tenham um trabalho comprovável como tal dentro do território.

Poderão participar organizações de todos os tipos, com ou sem pessoa jurídica, como centros de vizinhos, centros culturais, bibliotecas populares, clubes esportivos e sociais, rádios comunitárias, entre outras. Uma pessoa responsável pela organização deverá participar das quatro reuniões obrigatórias do programa.

Para a seleção das propostas apresentadas, será convocada uma comissão especial, que selecionará um máximo de 24 projetos, que serão beneficiados com $35.000 pesos argentinos cada. Quatro dos projetos beneficiados deverão ser apresentados por jovens que completaram o Curso de Promotores Culturais Comunitários edição 2017/18.

A Comissão de Seleção valorizará o trabalho das organizações em zonas de maior complexidade para o exercício do direito à cultura, o trabalho em rede e – no caso das organizações que tenham sido beneficiadas em edições anteriores – que tenham cumprido com os informes e/ou as instâncias de avaliação propostas pela direção.

Os itens solicitados e o formato de apresentação do projetos culturais estão disponíveis no regulamento. A publicação dos ganhadores está prevista para 15 de maio, e a realização dos projetos, entre junho e novembro de 2019. Consultas pelo e-mail proyectos.culturacomunitaria@gmail.com.

 

Saiba mais: https://bit.ly/2PqXwdl

 

Formulario orientativo Cultura de Barrio 2019

 

Fotos: CulturaMuniCba

 

Tags | , ,

31

May
2018

EmNotícias

PorIberCultura

Cultura de Bairro, programa da Municipalidade de Córdoba, elege seus projetos para 2018

Em31, May 2018 | EmNotícias | PorIberCultura

No último dia 24, a Municipalidade de Córdoba, na Argentina, deu a conhecer os projetos selecionados pelo programa Cultura de Bairro, edição 2018. Apresentaram-se a este edital, promovido no mês de abril, 79 projetos. Desse total, foram selecionados 24.

Cada um dos 24 projetos escolhidos receberá 25.000 pesos argentinos para seu desenvolvimento. Quatro desses 24 projetos foram propostos por jovens que completaram o Curso de Promotores Culturais Comunitários em 2017, dando continuidade e profundidade às ferramentas oferecidas e acompanhando sua prática com este novo apoio do Cultura de Bairro.

O júri foi integrado por Andrés Oviedo, representando a Universidade de Córdoba; Lucrecia González, pela Secretaria de Cultura da Municipalidade de Córdoba; Diego Benhabib e Rodrigo Dacomo, pelo Ministério de Cultura da Argentina; e Mariángeles Fernández, representando o âmbito cultural independente.

 

O programa

Cultura de Bairro propõe o fortalecimento de projetos culturais impulsionados por organizações de base que promovem o acesso à cultura, a participação cidadã e o trabalho em rede para a resolução de problemas atravessados pelos territórios.

O programa surge como resposta a necessidades específicas de numerosas organizações e referências culturais de bairros que vêm realizando diversos projetos nascidos nas próprias comunidades, de maneira independente e com dificuldades para sustentá-los no tempo em virtude das limitações econômicas.

Nesse sentido, o município soma uma modalidade de apoio que modifica o paradigma habitual de o Estado propor algo para os vizinhos; dando lugar a projetos que surgem das organizações e instituições de base, verdadeiros protagonistas e conhecedores do território.

Os projetos selecionados

  • Ludoteca Caleidoscopio – Grupo de Teatro Comunitario Orilleros de la Cañada
  • La radio va a la escuela – Radio Comunitaria La Rimbombante 104.9
  • ¡Viva la plaza! Un espacio creado por todos – Ingeniería Sin Fronteras
  • Te baila la vida, mujeres que viven – Mujeres Pa –Lante
  • Narrativas disidentes, o sobre cómo ocupar la escena local desde la fotografía trans –  Casa Trans Córdoba / Enfoca
  • Utopizándonos – Fundación Casa Hola Mundo
  • Reconstruyendo nuestra historia -Centro Cultural Villa El Libertador
  • Merodeando un museo – Sociopedagogas en Acción
  • Voces de barrio – Asociación Civil Casa Macuca (Aulitas Macuca)
  • Producción literaria barrial – Colectivo literario “Jeta Brava”
  • Orquestra El Chingolo – Casa Macuca Barrio Chingolo
  • El bajo templa candombe – Asociación Civil Un Nuevo Comienzo / Centro Comunitario “El Chapón”
  • Colectivo Muralista Lxs Wachxs del Trope – Colectivo Muralista Lxs Wachxs del Trope
  • Identidad cultural y promoción de derechos. Un proceso participativo con mujeres migrantes y cordobesas – Grupo Intercultural de Mujeres Migrantes y Cordobesas “Concretando Sueños”
  • Circo Danzante. Como danza la esperanza – Circo Danzante
  • Teatro las Violetas – Batucada La Cuadra
  • Voces del barrio – Escuelita Parque Las Rosas
  • Huerta laboratorio – Red Villa 9 de Julio
  • Voces libres. Una experiencia de radio abierta y feria comunitaria – Grupo de Mujeres de Barrio El Quebracho
  • Biblioteca y mediateca comunitaria para niñxs: cultura y educación para infancias dignas –  Frente Juvenil Hagamos Lo Imposible
  • Proyecto colectivo Yuraq Rumi – Fundación Gracia
  • Recrearte en clave sonora – Cooperativa de Carreros de Villa Urquiza
  • Mujarte – Libertarte – Mesa de Gestión Marqués Anexo / Red de Mediadores Literarios “Vaivén”
  • Activando contra la violencia – Mujeres Activando
  • Taller de música Barrio 9 de Julio – Taller de Música de Barrio 9 de Julio
  • Despertando el artista interior – Merendero “Nueva Esperanza” / Organización “De corazón sin igual”
  • Murga – La Casa del Vecino
  • Hilos de memoria. Tramas colectivas – Biblioteca Popular Nelly Ruiz de Llorens
  • Armá tu bici, amá tu barrio – Taller Popular de Ciclomecánica Suipacha

 

(*Texto e fotos publicados originalmente no portal da Municipalidade de Córdoba)

Leia também:

 “Cultura de Barrio” eligió sus proyectos para 2018 

 

Tags | , ,

05

Apr
2018

EmNotícias

PorIberCultura

Programa Cultura de Bairro abre convocatória para organizações da cidade de Córdoba, na Argentina

Em05, Apr 2018 | EmNotícias | PorIberCultura

Organizações da cidade de Córdoba (Argentina) interessadas em desenvolver projetos culturais em seus territórios durante o ano de 2018 têm até o dia 30 de abril para apresentar suas propostas à convocatória do programa Cultura de Bairro.

O objetivo central deste programa é fortalecer projetos culturais impulsados por organizações de base que promovam o acesso à cultura, a participação cidadã e o trabalho em rede para a resolução da complexidade de problemas que atravessam os territórios.

Serão selecionados até 24 projetos, que receberão $ 25.000 (pesos argentinos) cada. Haverá uma cota especial de quatro projetos beneficiados apresentados por jovens que completaram o Curso de Promotores Culturais Comunitários em 2017.

Poderão participar organizações de qualquer tipo, com o sem personalidade jurídica, como centros de vizinhos, centros culturais, bibliotecas populares, clubes esportivos e sociais, rádios comunitárias, entre outras.

Está prevista uma instância de capacitação em formulação de projetos culturais para as entidades barriais que queiram participar da convocatória. A capacitação será no sábado, 7 de abril, às 10h, no Auditório do Cineclube Municipal (Bv. San Juan 49), com entrada livre e gratuita, sem inscrição prévia.

O programa

Cultura de Bairro surge como uma resposta a necessidades específicas de numerosas organizações e referências culturais de bairro que vêm desenvolvendo diversos projetos nascidos das próprias comunidades, de maneira independente e com dificuldades para sustentá-los no tempo, em virtude das limitações econômicas.

Neste sentido, a Municipalidade de Córdoba soma esta modalidade de apoio, que modifica o paradigma habitual de propor — do Estado para os vizinhos –, dando lugar a projetos que surgem a partir das organizações e instituições de base, verdadeiros protagonistas e conhecedores do território.

Confira as bases e condições do Cultura de Bairro 2018: https://cultura.cordoba.gob.ar/convocatorias/cultura-barrio-2018/

 

Tags | , ,