Image Image Image Image Image
Scroll to Top

Para o Topo.EPara o Topo

Notícias

08

nov
2021

Em Notícias

Xalapa ingressa na Rede de Cidades Criativas da UNESCO

Em 08, nov 2021 | Em Notícias |

Entre as 49 cidades que se unem nesta segunda-feira, 8 de novembro, à Rede de Cidades Criativas da UNESCO, está Xalapa (México), uma das municipalidades integrantes da Rede IberCultura Viva de Cidades e Governos Locais. 

A Rede de Cidades Criativas da UNESCO conta a partir de agora com 295 cidades em 90 países. São lugares que investem em cultura e criatividade (artesanato, design, cinema, gastronomia, literatura, artes digitais e música) para avançar para o desenvolvimento urbano sustentável.

Nos últimos cinco anos, a cidade de Xalapa investiu mais de 12 milhões de dólares em infraestrutura e equipamento produtivo para apoiar as diversas atividades musicais que se desenvolvem no município. O curso para manter a oferta musical e acadêmica, incluindo os programas sociais de acesso e desfrute para a população vulnerável, chega a 39 milhões de dólares.

Xalapa tem mais de 50 espaços para apresentações musicais. São espaços que podem abrigar grandes shows, assim como espetáculos para poucos espectadores. A prefeitura promove a música e as artes nos setores mais marginalizados por meio de 13 centros comunitários localizados na periferia e em áreas de baixa renda.

A cidade conta com 3 orquestras sinfônicas, 4 big bands, 1 noneto, 1 orquestra filarmônica, 4 orquestras de música pop, 11 bandas marciais e 81 grupos ou ensambles que abarcam gêneros como jazz, salsa, son jarocho, son huasteco, rock, fusion e outros gêneros do resto do país e do exterior. Também existem numerosos grupos e comunidades musicais, muitos deles de curta duração, uma vez que se criam com fins recreativos.

.

.

Postulação 

Em 2019 se deu a primeira tentativa de postulação de Xalapa à Rede de Cidades Criativas da UNESCO no âmbito da música. Na Prefeitura de Xalapa se trabalhou em aliança com a Secretaria de Educação do Estado de Veracruz e a Universidade Veracruzana para fazer um primeiro projeto, em conjunto com a comunidade de músicos.

Ainda que Xalapa não tenha sido selecionado para ingressar à rede em 2019, o trabalho continuou, com a finalidade de criar um programa que abordasse a economia criativa como um eixo estratégico no desenvolvimento econômico de Xalapa. Para isso, criou-se a Mesa Estratégica em Economia Criativa (MEEC), um esquema de governança independente que apoia a tomada de decisões no setor criativo e que conta entre seus integrantes com reconhecidas figuras da música, da luthieria, das artes plásticas, das artes cênicas, do cinema, da cerâmica e membros do setor cultural da cidade. Alguns dos membros da MEEC formaram o Comitê de Postulação de Xalapa para ingressar na Rede de Cidades Criativas da UNESCO 2021.

Este Comitê de Postulação de 2021 reuniu as seguintes instituições: Instituto Veracruzano de la Cultura, Ayuntamiento de Xalapa, Fundación México – Estados Unidos para la Ciencia, Dirección de Difusión Cultural (Universidad Veracruzana), Orquesta Sinfónica de Xalapa (Universidad Veracruzana), Cauz | Foro & Librería, Festival Internacional de Música y Laudería, Red de Espacios Culturales Independientes de Xalapa, Red de Extensionistas en Economía Creativa de Xalapa, Grupo DIX, Habitante Revista, Artolin – Arte en la Blockchain e Artist Liberation Front.

.

Saiba mais sobre o projeto Xalapa, Cidade da Música: https://xalapacreativa.com/

Saiba mais sobre a iniciativa da UNESCO:

https://es.unesco.org/…/49-nuevas-ciudades-se-unen-red…