Image Image Image Image Image
Scroll to Top

Para o Topo

Notícias

31

Maio
2021

Em Notícias

Comitê Executivo reúne-se para discutir os primeiros editais que o programa lançará em 2021

Em 31, Maio 2021 | Em Notícias |

O Comitê Executivo do IberCultura Viva reuniu-se nesta segunda-feira, 31 de maio, para definir os últimos detalhes dos editais do programa que serão lançados em junho. As propostas serão enviadas nesta semana para aprovação do Conselho Intergovernamental e deverão estar disponíveis na segunda quinzena de junho.

O primeiro tema abordado no encontro foi o Edital de Apoio a Redes e Projetos de Trabalho Colaborativo, que este ano buscará fortalecer o trabalho e promover a articulação de redes culturais de base comunitária de povos indígenas e afrodescendentes, em conjunto com grupos de comunidades migrantes.

Em seguida foi discutida a convocatória para a constituição do Grupo de Trabalho sobre sistematização e difusão de práticas e metodologias de Políticas Culturais de Base Comunitária (GT de Sistematização). Esta atividade está no Plano Operativo Anual (POA 2021), aprovado pelo Conselho Intergovernamental em 14 de abril, e faz parte da linha de ação para o estabelecimento de um sistema de informação sobre políticas culturais de base comunitária representativas da diversidade dos países membros, como prevê o Plano Estratégico Trienal (PET 2021-2023). 

Foram também debatidas algumas possibilidades temáticas para o concurso de vídeos que o programa apresentará em 2021. Entre 2016 e 2020, o IberCultura Viva lançou cinco concursos de curtas-metragens, com temas ligados à cultura comunitária e aos valores defendidos pelo programa  (“Fomentar el respeitar, criar comunidade, salvaguardar a diversidade cultural, promover a participação e defender a igualdade ”). Os concursos fazem parte do Objetivo Estratégico 3 do PET: “Promover o diálogo intercultural e a conscientização sobre a importância de salvaguardar e promover o patrimônio cultural imaterial e as experiências culturais de base comunitária”.

“Mulheres: culturas e comunidades” foi o tema do primeiro concurso de vídeo em 2016. Depois vieram “Comunidades afrodescendentes: reconhecimento, justiça e desenvolvimento” (2017), “Comunidades linguísticas: identidade e salvaguarda” (2018), “Diversidade sexual e de gênero: direitos e cidadania” (2019) e “Práticas comunitárias: solidariedade e cuidado coletivo” (2020).

Participaram da reunião do Comitê Executivo: Esther Hernández Torres (presidente do Conselho Intergovernamental) e Manuel Trujillo, da Secretaria de Cultura do Governo do México; Marianela Riquelme, do Ministério das Culturas, das Artes e do Patrimônio do Chile; Eduardo Reyes Paniagua, do Ministério de Cultura e Juventude da Costa Rica; Diego Benhabib, do Ministério de Cultura da Argentina, e Emiliano Fuentes Firmani, da Secretaria Técnica IberCultura Viva.