Image Image Image Image Image
/ /
Scroll to Top

Para o Topo

México

A Direção Geral de Culturas Populares, Indígenas e Urbanas (DGCPIU) foi criada em 1978 para a promoção, o estudo, a conservação, a difusão e o desenvolvimento das culturas populares do México. Hoje se fortalece com a criação da Secretaria de Cultura do Governo da República, com políticas de impulso à diversidade cultural e a salvaguarda do Patrimônio Cultural Imaterial (PCI).

Seu objetivo é preservar e fortalecer as manifestações que dão sustento às culturas dos povos originários, à população mestiça e afrodescendente no âmbito das culturas e tradições regionais, urbanas e rurais do México.

Sua missão é criar condições sociais e institucionais que favoreçam o diálogo intercultural respeitoso e harmonioso, entre os grupos e as comunidades, expressando a riqueza e a diversidade cultural do país.

Sua visão está fundamentada no fortalecimento das relações interétnicas e do diálogo intercultural; no fomento à participação dos grupos e comunidades para a preservação, o desenvolvimento e a abertura de espaços para seu patrimônio cultural; assim como melhorar as condições de diálogo internas e com o mundo.

Para realização de suas tarefas e o cumprimento de seus objetivos, a Direção se apoia em uma estrutura nacional constituída por Unidades Regionais de Culturas Populares, Indígenas e Urbanas nos estados de Baja California, Chiapas, Chihuahua, Coahuila, Durango, Guerrero, Michoacán, Morelos, Nuevo León, Oaxaca, Puebla, Querétaro, Quintana Roo, Sonora, Veracruz e Yucatán, e escritórios estatais no resto do país. Também conta com o Museu Nacional de Culturas Populares e o Centro de Informação e Documentação “Alberto Beltrán”.

A Direção impulsiona programas voltados para a capacitação, difusão, pesquisa e gestão de recursos para o financiamento de projetos culturais comunitários; e busca abrir espaços para a participação e a organização comunitária para a melhora do tecido social.

Em matéria de salvaguarda, oferece condições para o desenvolvimento de projetos nos âmbitos do Patrimônio Cultural Imaterial: as línguas, tradições e expressões orais; as artes da representação; as práticas sociais, rituais e atos festivos; os conhecimentos e usos relacionados com a natureza e o universo; as artes e ofícios tradicionais.

É importante destacar que, de maneira direta, acompanha os portadores para que identifiquem em seu patrimônio cultural aqueles elementos que se encontram em risco e que são suscetíveis de gerar medidas para sua salvaguarda. Além disso, assessora organizações civis e dependências governamentais dos três níveis de governo (municipal, estadual e federal) interessadas na diversidade cultural e na salvaguarda do Patrimônio Cultural Imaterial do México.

Leia também:

México, Cultura para la Armonía

Programa de Apoyo a las Culturas Municipales y Comunitarias (PACMYC)

Programa para el Desarrollo Integral de las Culturas de los Pueblos y Comunidades Indígenas (PRODICI)

Programa de Patrimonio Cultural Inmaterial y Diversidad Cultural

 

Site:   https://www.culturaspopulareseindigenas.gob.mx/