Image Image Image Image Image
/ /
Scroll to Top

Para o Topo

Mapa IberCultura Viva

A partir de agosto de 2018, nossos editais serão publicados no Mapa IberCultura Viva (https://mapa.iberculturaviva.org). Nesta plataforma livre, gratuita e colaborativa de mapeamento do programa de cooperação intergovernamental voltado para as políticas culturais de base comunitária da Ibero-América, os agentes culturais, as organizações culturais comunitárias e os povos originários poderão não apenas inscrever-se nas convocatórias e concursos do programa, mas também divulgar seus próprios eventos, espaços e projetos.

Os dados coletados no Mapa IberCultura Viva serão utilizados para a construção/consolidação de indicadores culturais que fortalecerão os sistemas de informação cultural dos países membros do programa (Argentina, Brasil, Chile, Costa Rica, El Salvador, Equador, Espanha, Guatemala, México, Peru e Uruguai).

A seguir, apresentamos um manual para ajudá-lo a cadastrar agentes, espaços, projetos e eventos na plataforma.

 

  • Como cadastrar agentes

 

 

Passo 1 | Cadastro

Na página inicial da plataforma, clique em “Entrar”.

 

 

Vá a “Registrarse” e faça seu cadastro de usuário, preenchendo as informações pedidas (e-mail e senha). Depois, clique em “registrarse”. Também é possível fazer o registro e o login no sistema pelas redes sociais (ao lado direito da página).

Obs: O campo “Registrarse” na página inicial é usado apenas na primeira vez. Nas próximas vezes, você deve clicar “Ingresar” para ter acesso ao seu perfil. (Caso tenha esquecido a senha cadastrada, clique em “Olvidé mi contraseña”).

 

Passo 2 | Editar perfil

Com o login registrado, você pode criar um ou mais perfis de agentes em seu cadastro. Preencha todos os campos marcados com o símbolo “*” e selecione ao menos uma área de atuação, no lado esquerdo da página.

Para salvar os dados preenchidos, clique em “Salvar”, no canto superior direito.

São dois os tipos de agentes: individual ou coletivo. Como agente individual entendemos pessoas físicas – artistas, produtores, autônomos que se relacionam com as práticas culturais. Como agente coletivo entendemos as organizações culturais comunitárias, entidades, povos originários, coletivos, agrupações e instituições.

Se for agente individual (pessoa física), preencha o cadastro com o número do CPF. Se for agente coletivo com personalidade jurídica, digite o CNPJ. Caso seja um agente coletivo sem personalidade jurídica, deixe o campo em branco. Na sequência, a data de nascimento é para pessoas físicas, e a de fundação, para pessoas jurídicas.

 

Na segunda parte do cadastro, em “Localização”, escolha entre as opções “Pública” ou “Privada”. Se escolher o primeiro, seu endereço ficará visível para todos e estará também no mapeamento georreferenciado.

Obs: Não é necessário que o agente identifique no mapa o local exato onde mora. Os agentes individuais que fazem parte de organizações ou coletivos com sede podem colocar este endereço no formulário. Também podem optar por registrar uma área aproximada no mapa. Caso o marcador não esteja localizado corretamente, ainda em modo “Editar”, clique em cima do balão vermelho e arraste-o até o local correto. A busca é feita sobre a base do Google Maps.

 

Descrição

Redija um pequeno texto descritivo sobre os trabalhos que já realizou e finalize os dados cadastrais.

 

Vídeos

Você pode adicionar conteúdo multimídia no seu perfil. Se quiser adicionar um vídeo, clique em “Adicionar vídeo” e cole a URL do vídeo no campo “Endereço do vídeo”. Complemente o campo título e clique em “Enviar”. É necessário que este vídeo esteja em algum endereço externo, como YouTube ou Vimeo.

Você também pode adicionar imagens à sua galeria, clicando em “Adicionar imagem”. Se quiser adicionar outros conteúdos, à direita da página há uma aba exclusiva para disponibilizar materiais para download (tais como PDFs de livros, artigos e etc.) e uma aba para inserção de links.

Atenção: Não se esqueça de que para cada etapa preenchida é necessário salvar os dados inseridos no canto superior direito da tela (“Salvar”, na imagem abaixo).

Obs: Na primeira vez, ao fazer o registro, o agente é direcionado automaticamente para o perfil. Depois, será necessário clicar em “Editar” para poder acessar/modificar os dados do cadastro.

  • Como criar grupos de agentes

 

Recomendamos aos representantes de organizações que inscrevam-se inicialmente como agentes individuais (pessoas físicas) e depois cadastrem o perfil de agente coletivo, com os dados de sua organização, coletivo, Ponto de Cultura, etc.

No perfil coletivo, é possível definir os nomes das pessoas responsáveis e adicionar agentes individuais que estejam relacionados ao agente coletivo em questão. Esses agentes que serão adicionados já devem ter seus perfis previamente cadastrados no Mapa IberCultura Viva.

E se você é um ente coletivo, como uma organização cultural comunitária, você pode não apenas relacionar e exibir agentes individuais, mas também agrupá-los em setores, equipes ou funções.

Se já tiver se cadastrado, clique em “Entrar”, “Meu perfil” e “Editar”. Em seguida, clique em “Adicionar agentes”. Dê um nome para o grupo criado e depois selecione os agentes que dele participam. Pode-se oferecer a cada um deles determinado nível de permissão de acesso.

 

  • Como inscrever-se nos editais publicados

 

Agora que você já tem um perfil de agente registrado, clique em “Editais”, na parte superior direito da tela. Nesta página, é possível buscar o edital no qual deseja se inscrever. Para localizá-lo com mais facilidade, selecione a opção “Inscrições abertas”.

Clique no título do edital de seu interesse. Na página seguinte você poderá baixar o regulamento do edital, assim como os anexos que deverão ser preenchidos e enviados no ato da inscrição.

Para iniciar sua inscrição, clique no campo de busca, localize o nome do agente responsável (deve ser um agente pessoa física previamente cadastrado) e selecione a opção “Realizar inscrição”, disponível ao lado do campo de busca.

 

Complete as informações requeridas no formulário de inscrição. A qualquer momento é possível salvar os dados de sua inscrição utilizando o botão “Salvar” no canto superior direito. Feito isso, é possível sair da plataforma e continuar o preenchimento em outro momento (antes do término do período de inscrições).

O sistema gera o “Número de inscrição”, que você deve anotar e informar sempre que entrar em contato com o programa IberCultura Viva a respeito de sua proposta.

A proposta será enviada para a participação no edital somente após o preenchimento de todos os campos do formulário e a inclusão de todos os anexos obrigatórios. Revise as informações antes de clicar em “Enviar inscrição”, localizado na parte inferior. Após o envio, não será possível editá-la.

Caso seu cadastro na plataforma não tenha sido completamente preenchido, não será possível enviar a inscrição. O sistema apresentará o alerta, e será necessário clicar na sua foto de perfil, na parte superior da tela, acessar a opção “Meus agentes” e editar seu cadastro, preenchendo todos os campos do formulário.

Após o total preenchimento do formulário e envio da inscrição, a plataforma exibirá a tela de confirmação do envio.

 

  • Como cadastrar espaços, projetos e eventos culturais

 

  1. Cadastrando espaços

Um espaço cultural pode ser um centro cultural, um teatro, uma casa-galeria, uma biblioteca comunitária, uma praça, um terreiro… Ou seja, um espaço edificado ou não que abrigue manifestações culturais, um lugar que possa ser identificado como um ponto referenciado para a fruição cultural.

A plataforma abriga diversos tipos de espaços culturais, instituições formais e espaços alternativos. Para cadastrar espaços, na tela inicial, acesse seu login e, junto ao seu perfil de agente (previamente cadastrado), clique em “Painel”. No lado esquerdo, clique em “Meus espaços” e, em seguida, em “Adicionar novo espaço”. Selecione pelo menos uma área de atuação, no canto esquerdo.

Selecione um tipo de espaço (anfiteatro, biblioteca, circo, igreja, etc). Se for o caso de usar o campo “Selecionar espaço pai”, você estabelecerá uma conexão entre o espaço que está cadastrando e um outro espaço já registrado no Mapa IberCultura Viva. Por exemplo: uma biblioteca pode fazer parte de uma escola (neste caso, a escola seria o “espaço-pai”).

Preencha também a segunda parte do formulário, inserindo o endereço e a sinalização no mapa da cidade. (Este campo é fundamental para georreferenciar seu espaço cultural no mapa da plataforma. Sempre cheque se o marcador sobre o mapa foi colocado na área correta. Se não estiver no local certo, arraste o balão vermelho até o lugar onde ele deveria estar)

No campo “Descrição”, insira informações adicionais sobre o espaço (como foi criado, qual a proposta de atuação, qual o perfil de seus projetos, entre outras informações que considerar importante). Descreva também os critérios de uso do espaço: se está aberto para receber propostas de ocupação de outros coletivos, agentes, artistas; se há algum tipo de trâmite para solicitar o uso do espaço, etc. Por último, clique em “Salvar”.

Atenção: Outros usuários podem criar eventos no espaço que você cadastrou. Você deve escolher se essas publicações são livres (qualquer pessoa pode criar eventos no seu espaço) ou restrita (o dono do espaço precisa autorizar a criação do evento).

 

  1. Cadastrando projetos

O módulo “Projetos” é destinado a iniciativas de agentes culturais, como encontros, mostras e festivais. Clique em “Adicionar novo projeto” e defina o tipo – ciclo, concurso, convenção, edital, encontro, festival, jornada, mostra, programa, reunião, sarau, etc. Dê um nome a ele. Se ele fizer parte de um projeto maior, vincule-o ao campo “Projeto pai”.

Defina a data de início e término das inscrições. Utilize a coluna da direita para subir anexos para download, erratas, manuais, dúvidas frequentes, etc e incluir links.  Caso haja um site de referência ou de atendimento, informe a URL inserindo “http://” antes do “www”. Insira uma descrição do projeto. Para salvar um rascunho, clique na parte superior direita. Quando estiver pronto, “Publicar”.

  1. Cadastrando eventos

Na tela inicial, acesse seu login e, junto ao seu perfil, clique em Painel. No lado esquerdo, clique em “Meus eventos” para começar o cadastro. Clique em “Adicionar novo evento”, dê um nome para ele e um subtítulo, se for o caso. Selecione o tipo de evento (na parte da esquerda  da tela) e preencha os outros dados obrigatórios (descrição, classificação etária). Depois, “Salvar”. Para inserir endereço, data e horário, clique em “Adicionar local e data”. O evento deve obrigatoriamente se relacionar a um espaço previamente cadastrado na plataforma.

 

Complete o cadastro com uma descrição mais detalhada do evento. Você poderá também adicionar conteúdos, como vídeos e imagens de divulgação. Na parte superior, à direita, complemente o cadastro criando um grupo de agentes já cadastrados no Mapa IberCultura Viva e que estão relacionados ao evento.

Se o evento está associado a um projeto previamente cadastrado na plataforma, vincule-o na aba localizada na coluna da esquerda. Também é possível incluir nas opções Downloads e Links materiais de apoio, como regulamentos, normas, clipping, etc. Ao final, clique em “Publicar”. As informações podem ser reeditadas a qualquer momento.