Image Image Image Image Image
/ /
Scroll to Top

Para o Topo

ARGENTINA

O programa Pontos de Cultura, implementado desde 2011 pelo Ministério da Cultura, tem como objetivo promover a organização popular por meio da cultura comunitária.

A iniciativa se propõe a fortalecer o trabalho das organizações sociais que, através de projetos culturais, promovem a inclusão social, a revalorização da identidade local, o fomento da participação popular e o trabalho coletivo. Além disso, trata-se de uma política que estimula o trabalho conjunto entre as organizações que desenvolvem projetos socioculturais e o Estado.

As organizações que fazem parte do programa recebem apoio financeiro e equipamento multimídia para registrar suas ações e produzir materiais de comunicação. Também participam de encontros regionais e nacionais de intercâmbio de experiências, espaços de formação e capacitação. A Rede Nacional de Pontos de Cultura está integrada atualmente por mais de 700 organizações sociais e comunidades indígenas de todo o país, selecionadas nas cinco convocatórias realizadas.

Em março de 2020, a Secretaria de Gestão Cultural do Ministério de Cultura da Argentina lançou a sexta convocatória do Programa Pontos de Cultura, para ampliar e fortalecer a rede nacional. Esta convocatória é destinada a associações civis, fundações, cooperativas, comunidades indígenas, organizações de base territorial sem personalidade jurídica, e redes de organizações vinculadas à cultura comunitária na Argentina. Está dirigida, também, a organizações comunitárias inseridas nos territórios de maior vulnerabilidade, que trabalham com populações diversas, que sofrem violências, estigmatização; que funcionam como merendeiros ou restaurantes comunitários, mas também como âmbitos de construção de redes solidárias, trabalhando com temáticas que são de interesse e necessidade para os setores populares.

As temáticas propostas son: Comunicação comunitária; Economia social e cooperativismo; Diversidade sexual e de gênero; Igualdade de gênero; Infância e adolescência; Projetos educativos, esportivos e de fomento à leitura; Coletivos artísticos comunitários; Projetos artísticos; Direitos culturais, identidade e memória; Soberania alimentar e ambiental; Cultura do cuidado e do bem-viver.

Site: http://puntosdecultura.cultura.gob.ar

Leia também:

Puntos de Cultura – Una política transformadora: Relevamiento y análisis del impacto territorial