Image Image Image Image Image
Scroll to Top

Para o Topo.EPara o Topo

Notícias

26

nov
2020

Em Notícias

No Chile, organizações culturais comunitárias da região de Tarapacá se reúnem para um balanço anual 

Em 26, nov 2020 | Em Notícias |

Os encontros comunais online na Região de Tarapacá, no Chile — organizados pelo Ministério das Culturas, das Artes e do Patrimônio do Chile, através do programa Red Cultura —, foram a ocasião indicada para apresentar as cápsulas audiovisuais que recolhem depoimentos de integrantes de Organizações Culturais Comunitárias (OCC) de Huara, Pozo Almonte, Pica, Alto Hospicio e Iquique. Os vídeos mostraram o que essas organizações desenvolveram durante este ano e ao longo de suas trajetórias, emocionando os participantes, que pela primeira vez puderam ver o resultado final do trabalho realizado em equipe. 

“Essas agrupações puderam contar algumas das coisas que realizam em suas comunas e mostrar o aporte que são para a região. É justamente disso que se trata esta iniciativa, de que exista um trabalho onde todas as organizações, com suas respectivas especialidades, somem experiências e esforços para difundir a cultura no território”, afirmou a secretária regional ministerial (Seremi) das Culturas, das Artes e do Patrimônio de Tarapacá, Laura Díaz.

O material audiovisual foi reunido durante o Plano Regional de Formação em Gestão Cultural e Sustentabilidade — entre setembro e os primeiros dias deste mês —, quando os integrantes das OCC, junto a uma equipe de produção, criaram os roteiros e gravaram as cápsulas, que permitem mostrar o trabalho feito a favor da promoção e da preservação cultural. Os vídeos serão publicados em breve no Repositório Digital do Ministério das Culturas, das Artes e do Patrimônio.

Avaliação e georreferenciamento

Durante os encontros, as pessoas participantes também puderam avaliar as instâncias formativas do programa Red Cultura na região, assim como realizar o levantamento de informação para a elaboração de uma cartografia cultural regional, tanto das OCC que participam do programa como de espaços culturais que conformam a rede regional e os municípios que contam com departamentos de Cultura e têm um Plano Municipal de Cultura (PMC) atualizado.

Em cada um dos encontros virtuais, membros dessas organizações fizeram parte da consulta que uma equipe de profissionais desenvolve para elaborar a georreferenciação e cartografia dos agentes culturais da região. Foi assim que o estudo permitiu guiar os participantes na identificação dos ativos culturais de cada comuna, os quais, após ser submetidos a votação, foram georreferenciados.

As Organizações Culturais Comunitárias participantes se caracterizam não apenas por reunir pessoas de distintos grupos etários, mas também por se tratarem de agrupações de cidadãos migrantes com ativa participação na região.

Tags | , ,