Image Image Image Image Image
/ /
Scroll to Top

Para o Topo

EDITAIS

20

Dec
2018

EmEDITAIS
Notícias

Inscrições abertas para a 2ª edição do Curso de Pós-graduação em Políticas Culturais de Base Comunitária

Em20, Dec 2018 | EmEDITAIS, Notícias |

(Foto: Marina Leitner)

Em abril de 2019 terá início a segunda turma do Curso de Pós-graduação Internacional em Políticas Culturais de Base Comunitária FLACSO-IberCultura Viva. As pessoas interessadas em concorrer a uma bolsa deste curso, que será realizado durante nove meses no Campus Virtual da Faculdade Latino-americana de Ciências Sociais (sede Argentina), podem inscrever-se a partir desta sexta-feira, 21 de dezembro. O prazo termina no dia 15 de fevereiro de 2019.

Serão concedidas até 84 bolsas, repartidas equitativamente entre os 12 países participantes do programa IberCultura Viva: Argentina, Brasil, Chile, Costa Rica, Cuba (país convidado), Equador, El Salvador, Espanha, Guatemala, México, Peru e Uruguai. As inscrições para concorrer às bolsas são feitas pela plataforma Mapa IberCultura Viva.

O edital é destinado a pessoas vinculadas às políticas culturais, tanto funcionários públicos como representantes de organizações culturais comunitárias dos países integrantes do programa. A seleção terá em conta critérios como a experiência em gestão cultural comunitária, em gestão de políticas públicas culturais, além da formação específica em gestão cultural ou disciplinas afins.

Para participar, é necessário contar com disponibilidade de ao menos 10 horas semanais para acompanhar o curso virtual de abril a dezembro e contar com acesso a internet. Também devem se comprometer a cumprir com as avaliações parciais intermediárias e apresentar o trabalho prático final.

 

Os módulos

Os conteúdos do curso de pós-graduação estão distribuídos em seis módulos e 24 aulas em que são trabalhadas noções sobre processos culturais contemporâneos, propondo um marco teórico amplo sobre as distintas teorias da cultura e dos debates atuais em torno dela.

Também são abordadas noções de políticas culturais com ênfase nas questões de direito, cidadania e comunidade e debatidas as teorias existentes a respeito das políticas culturais de base comunitária, as novas formas de produção cultural e o uso de tecnologias a serviço da criação de redes. Além disso, o curso oferece ferramentas de gestão, planejamento, monitoramento e avaliação de políticas públicas culturais específicas para territórios e comunidades.

As aulas são publicadas uma vez por semana – com uma semana de recesso no final de cada módulo – e se abre um fórum para cada aula publicada, gerando um espaço de debate e intercâmbio de ideias e experiências em torno dos temas tratados.  Para cumprir com os objetivos do curso, deve-se realizar um trabalho parcial escrito sobre os três primeiros módulos e um trabalho final integrador, que consiste em desenhar e planejar um projeto cultural comunitário ou uma política cultural pública de base comunitária.

Os trabalhos podem ser entregues na língua nativa (espanhol ou português). As aulas são ministradas em espanhol, exceto as que estão a cargo de professores brasileiros, que são dadas em português e têm tradução para o espanhol.

 

Equipe docente

A proposta acadêmica coordenada por Belén Igarzábal (FLACSO Argentina) e Franco Rizzi (IberCultura Viva) busca a diversidade de olhares, com a participação de professores de vários países ibero-americanos, com trajetórias tanto no universo acadêmico como nas práticas territoriais.

Entre os docentes estão George Yúdice (EUA), Fernando Vicario (España), Fresia Camacho (Costa Rica), Giancarlo Priotti (Costa Rica), Alberto Quevedo (Argentina), Belén Igarzábal (Argentina), Diego Benhabib (Argentina), Célio Turino (Brasil), Alexandre Santini (Brasil), Guillermo Valdizán Guerrero (Perú), Víctor Vich (Perú), Paloma Carpio (Perú), Doryan Bedoya (Guatemala) e Omar Rincón (Colombia).

 

Primeira edição

A primeira edição do Curso de Pós-graduação Internacional em Políticas Culturais de Base Comunitária FLACSO-IberCultura Viva foi realizada de 5 de abril a 3 de dezembro de 2018. Matricularam-se 116 pessoas, provenientes de 15 países. Deste total, 72 receberam bolsas do programa e 44 pessoas inscreveram-se pagando o curso.

As bolsas do IberCultura Viva foram distribuídas da seguinte maneira na edição 2018: 50 pessoas foram selecionadas por edital (cinco representantes de 10 países integrantes do programa) e 22 após a ampliação do total de bolsas, com recursos extras de cinco países (Chile, Brasil, El Salvador, Guatemala e Peru).  Para a seleção destas 22 pessoas foi utilizada a avaliação feita para o edital de bolsas, levando em conta aquelas tinham ficado entre as primeiras colocações. O edital havia recebido um total de 466 postulações.

 

Confira o regulamento: Edital Bolsas Curso de Políticas Culturais de Base Comunitária 2019

Inscrições: https://mapa.iberculturaviva.org/oportunidade/52/

Consultas: programa@iberculturaviva.org 

Como registrar-se no Mapa IberCultura Vivahttp://iberculturaviva.org/manual/

Saiba mais sobre o curso:

http://flacso.org.ar/formacion-academica/posgrado-internacional-en-politicas-culturales-de-base-comunitaria/

 

Tags | , , , ,