Image Image Image Image Image
/ /
Scroll to Top

Para o Topo

Notícias

29

Jan
2016

EmNotícias

O surgimento da plataforma Cultura Viva Comunitária México

Em29, Jan 2016 | EmNotícias |

Por Rafael Paredes*

México é um país com uma extensão de 1.964.375 km2, o maior território da América Latina depois do Brasil, e com uma população de 112.336.538 de habitantes, sem contar os 20 milhões de mexicanos que vivem nos Estados Unidos. Na primeira vez que nos reunimos, em fevereiro de 2014, o companheiro Sael Blanco, do Coletivo Altepee, fez bem em ressaltar que o grande desafio da nossa articulação será construir pontes entre regiões distantes, realidades comuns e olhares diversos. Foi em outubro de 2015, depois de muita busca e diálogo, que na cidade de Tlaquepaque, Jalisco, reunimos 14 organizações para espalhar a semente da amizade e assim ver nascer a plataforma Cultura Viva Comunitária México.

wacha-mi-barrio-torreon-coahuila

Wacha Mi Barrio (Torreón, Coahuila)

Enquanto em Jalisco o Coletivo Cafeteros, a Abarrotera Mexicana, a CulturAula, o Coletivo Cultural Polanco, o Bailando Ayudamos e a ONG Más Música Menos Balas trabalham com resgate da memória, arte lúdica, autonomia audiovisual, diversidade musical e cultura de paz, do outro lado do país a Comunidade Comelibros e a Mazorca de Colores en Puebla trabalham com a promoção da leitura e a defesa do território.

colectivo-cultural-polanco-guadalajara-jalisco

Coletivo Cultural Polanco (Guadalajara, Jalisco)

Ao sudeste, o Coletivo Altepee de Veracruz promove a música tradicional de cordas e o Centro Cultural Ki’ki’t’aan, as expressões culturais emergentes da península de Yucatán. Ao norte, em Coahuila, encontramos o observatório infantil de direitos humanos Wacha Mi Barrio, e em Tamaulipas, o coletivo Aché Tének, que recupera espaços públicos para a convivência e a arte.

altepee-acayucan-veracruz

Coletivo Altepee (Acayucan, Veracruz)

Por fim, a associação civil Planta Baja, em Michoacán, promove a música, a arte e os jogos tradicionais, enquanto o coletivo Habitajes da Cidade do México realiza ações no espaço público como prática reflexiva de direitos humanos.

habitajes-ciudad-de-mexico

Habitajes (Cidade de México)

Assim, com diferentes formas de acionar a partir da arte, da tradição, da investigação e da gestão, buscamos compartilhar nossos sonhos e nossa ética por uma ação cultural transformadora. Buscamos que a plataforma de Cultura Viva Comunitária México possa servir para que as organizações e as redes culturais já formadas no local possam se visibilizar, articular e fortalecer para incidir na política pública.

comunidad-comelibros-puebla-puebla

Comunidade Comelibros (Puebla, Puebla)

Estamos entusiasmados de participar do Conselho Latino-americano de Cultura Viva Comunitária e agradecidos do abraço de boas-vindas que temos recebido do Movimento de Arte Juvenil Mesoamericano (Maraca) e de todos os países que formam este movimento continental. México já está olhando para o sul.

*Rafael Paredes é membro do coletivo Abarrotera Mexicana e vice-presidente de inovação cidadã do Conselho Promotor de Inovação e Desenho de Jalisco.