Image Image Image Image Image
/ /
Scroll to Top

Para o Topo

Notícias

14

Jun
2019

EmNotícias

Marcos Juárez se incorpora à Rede de Cidades e Governos Locais

Em14, Jun 2019 | EmNotícias |

A municipalidade de Marcos Juárez (Argentina) se incorporou oficialmente à Rede IberCultura Viva de Cidades e Governos Locais. A carta de adesão foi assinada pelo prefeito Pedro Dellarossa na quarta-feira, 12 de junho. Carola González, coordenadora de Cultura Comunitária da Direção de Ação Cultural e Esportiva, será a representante do governo local na rede. Outras quatro cidades já participam formalmente da iniciativa: Zapopan e San Luis Potosí (México), San Pedro de la Paz (Chile) e Corrientes (Argentina).

A criação da Rede IberCultura Viva de Cidades e Governos Locais vinha sido discutida desde novembro de 2017, quando se realizou no 2º Encontro de Redes IberCultura Viva em Quito (Equador). Nesta reunião foi formado um grupo de trabalho (GT) de governos locais para a articulação de uma rede que pudesse aportar para o desenvolvimento das experiências e processos culturais de base comunitária de forma participativa, colaborativa e com trabalho intersetorial.

A formalização desta iniciativa se deu este ano, durante o 3º Encontro de Redes IberCultura Viva, nos dias 16 e 17 de maio na cidade de Buenos Aires. Participaram deste encontro representantes de 13 municípios: Córdoba, Corrientes, Marcos Juárez, Salta, Tigre (Argentina); Niterói (Brasil); Arica, Valparaíso e San Pedro de La Paz (Chile); San Luís de Potosí e Zapopan (México); Lima (Peru), e Montevidéu (Uruguai). Cinco deles já estavam no GT formado em Quito.

Ainda que a rede já esteja formalizada para começar a estruturar suas atividades de articulação, o GT de governos locais que desenvolvem políticas culturais de base comunitária na região ibero-americana segue aberto, ocupando-se de informar àqueles que não conhecem a iniciativa e de acompanhar os processos para as adesões. As quatro primeiras cartas de adesão foram entregues durante o 3º Encontro de Redes.)

Conforme determinado pelo Conselho Intergovernamental IberCultura Viva, duas ações são necessárias para validar a integração à rede: uma solicitação assinada pela autoridade do governo local e um plano de trabalho com ao menos duas atividades de articulação com o programa.

O 3º Encontro de Redes IberCultura Viva foi realizado nos dias 16 e 17 de maio em Buenos Aires

 

Leia também:

3º Encontro de Redes: uma construção coletiva para seguir fortalecendo as políticas culturais comunitárias