Image Image Image Image Image
/ /
Scroll to Top

Para o Topo

Notícias

10

Jul
2018

EmNotícias

Propostas de apoio e modificações do regulamento são debatidas no terceiro dia da 9ª Reunião do Conselho Intergovernamental

Em10, Jul 2018 | EmNotícias |

Fotos: Ministerio de Cultura y Deportes de Guatemala

 

Representantes dos 11 países integrantes do programa IberCultura Viva participam da 9ª Reunião do Conselho Intergovernamental que se realiza na Guatemala desde sábado (07/07). As atividades terminam nesta terça-feira (10/07), no Palácio Nacional da Cultura, na Cidade de Guatemala, com a discussão e aprovação dos editais e concursos que o programa lançará este ano.

Nesta segunda-feira, as discussões em Antigua Guatemala se deram sobre temas diversos, desde o apoio do programa aos Congressos Latino-americanos de Cultura Viva Comunitária até a aprovação de modificações no regulamento para adaptar IberCultura Viva ao novo Manual Operativo dos Programas, Iniciativas e Projetos Adscritos da Cooperação Ibero-americana (2016).

Apoio ao 4º Congresso

O 4º Congresso Latino-americano de CVC, que será realizado na Argentina em maio de 2019, foi um dos primeiros temas debatidos esta manhã pelo Conselho Intergovernamental. Eduardo Balán, coordenador geral da agrupação cultural El Culebrón Timbal e líder do coletivo Pueblo Hace Cultura, participou deste momento da reunião por videoconferência, representando a comissão organizadora do congresso.

Balán comentou as jornadas de planejamento que as organizações argentinas vêm promovendo para preparar o evento (cerca de 200 coletivos estão trabalhando nisso), e apresentou algumas propostas de apoio aos membros do Conselho. A ideia é que o congresso seja uma caravana começando em Mendoza, passando por Córdoba e Entre Ríos, e terminando na cidade de Buenos Aires. O lema desta edição será  “Territórios para o bem viver”.

 

Rede de governos locais

Outro tema discutido esta manhã foi apresentada a proposta de mecanismos de adesão à Rede IberCultura Viva de Cidades e Governos Locais, desenhada em relação a um dos objetivos do grupo de trabalho (GT) que se conformou em novembro de 2017, em Quito (Equador), ao final do 2º Encontro de Redes IberCultura Viva. Este encontro, realizado durante o 3º Congresso Latino-americano de Cultura Viva Comunitária, contou com representantes de governos de uma província (Entre Ríos, na Argentina) e 11 municípios: Córdoba e Devoto (Argentina), Niterói (Brasil), Medellín (Colômbia), Zapopan e Cherán (México), Ibarra (Equador), Canelones e Montevidéu (Uruguai), La Molina e Lima (Peru).

A Rede IberCultura Viva de Cidades e Governos Locais tem como objetivo geral fortalecer e fomentar o desenvolvimento de políticas culturais de base comunitária em nível local. Entre seus objetivos específicos se encontram o estabelecimento de uma rede de intercâmbio e cooperação entre governos locais (municipais ou estaduais) e o fomento a atividades de intercâmbio e cooperação entre redes e organizações culturais de base comunitária de diferentes cidades e estados/províncias.

Dias anteriores

No fim de semana, a programação da reunião na Guatemala incluiu visitas a espaços culturais e encontros com organizações culturais comunitárias em dois municípios do departamento de Sacatepéquez: Antigua Guatemala e Santa María de Jesús. Além dos representantes governamentais, estiveram presentes no primeiro dia do encontro cerca de 40 pessoas, representando 22 organizações guatemaltecas.

Estas Jornadas de Culturas Vivas Comunitárias que marcaram o início da programação da 9ª Reunião do Conselho Intergovernamental foram organizadas conjuntamente pelo Movimento de Culturas Vivas Comunitárias de Guatemala e pela Direção Geral de Desenvolvimento Cultural e Fortalecimento das Culturas do Ministério de Cultura e Esportes.

Tags | , ,